Coletivo Al Revés – LABMIS – MIS/SP

O coletivo Al Revés apresenta Ambiente Sensível, trabalho artístico que vem sendo desenvolvido durante a Residência LABMIS 2010. Trata-se de apresentação aberta ao público do processo de concepção e criação da obra do artista contemplado pelo edital do Programa de Residência LABMIS 2010, que oferece aos selecionados, entre outras formas de apoio, livre acesso à infraestrutura tecnológica do espaço e suporte de orientadores e técnicos especializados.
O projeto “Ambiente Sensível”  investiga as relações entre som, espaço e receptor através da criação de uma instalação sonora. Os artistas classificam o trabalho como um ecossistema audível, no qual esses três elementos são ativos e interconectados. O resultado sonoro é traço dessa interação, aberta e indeterminada. Tal característica remete à escala temporal presente, território da sensação e da experimentação, e reinsere o corpo na escuta, tornando-a ativa e criadora.
A instalação ocorre em um espaço que prioriza o sentido da audição. Ou seja, o som é trabalhado para não trazer sensação imagética.Tecnicamente, o trabalho é formado por um microfone e sensores de distância,  conectados através de Arduino ao Pure Data – cérebro do sistema. Os áudios compõem uma reação de acordo com a presença dos espectadores. Se a instalação estiver vazia, ela fica muda. Com o aumento da quantidade de pessoas, o som torna-se mais complexo e inconstante.
O evento conta também com a presença dos orientadores Daniela Kutschat, Fernando Iazzetta e Tuti Fornari.

Sobre Al Revés
Alexandre Marino Fernandez
é graduado em Comunicação Audiovisual (2004) e pós-graduado em Composição Musical e Tecnologias Contemporâneas pela Universidad Pompeu Fabra (Barcelona, 2008). Recebeu o prêmio Beca Phonos para composição de peça sonora (Barcelona, 2008). Participou do Festival TSONAMI e do DCMT’08 en Concierto (ambos em Barcelona, 2008). Já apresentou trabalhos no Can Xalant (Barcelona, 2008), no Espaço Eureka (São Paulo, 2008), no Centro Cultural São Paulo e no SESC-SP (2007), além do FILE/Hipersônica (São Paulo, 2006).
Rafael De Marchi Gherini Molla é graduado em Design Digital pela Universidade Anhembi Morumbi (2004), já realizou diversos cursos, principalmente nas áreas de áudio e vídeo, em espaços como Festival Sónar (Barcelona, 2003), MACBA – Museu d’Art Contemporani de Barcelona (2002) e MAM-SP (2001). Apresentou trabalhos no Espaço Eureka (São Paulo, 2008), no Estúdio EPPA (Salvador, 2008), no Centro Cultural São Paulo e no SESC-SP (2007) e no FILE/Hipersônica (São Paulo, 2006).
Conheça o resultado da pesquisa em www.alreves.org/wiki

encontro com artista
20 de agosto de 2010, sexta às 16h
auditório LABMIS – ingresso: gratuito

Museu da Imagem e do Som de São Paulo – MIS/SP
Avenida Europa, 158, Jardim Europa,
São Paulo – SP, Brasil. CEP 01449-000.
55 11 2117 4777
http://mis-sp.org.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: