Rhinos are Coming – Ciclo Internacional de conferências sobre gravura e Instalação / Centro Cultural CEEE Erico Verissimo

_conferencias

Os Rinocerontes estão chegando / Centrol Cultural CEEE Erico Verissimo

_expo

Ana Maria Tavares – Conversa com artista / Fundação Iberê Camargo

fic_170214_9

Projeto Gravando 12 x 14 / Museu da Gravura Brasileira – MAC/RS

CONVITE 12X14 (4)

NOA NOA – Feira Livre de Arte Impressa / Atelier Livre Xico Stockinger

noanoa

Este ano no mês de outubro, nos dias 18 e 19 estaremos realizado a primeira edição da NOA NOA – Feira Livre de Arte Impressa no Atelier Livre Xico Stockinger. Com o objetivo de promover, mostrar, divulgar, vender e discutir a produção impressa de artistas gráficos. Além das práticas tradicionais de gravura como: xilogravura, gravura em metal, litografia e serigrafia. Estaremos abertos a outros meios de reprodução gráfica desde carimbo, monotipia, xerox, mimeógrafo, offsete, eletrografia, clichê, etc. Passando por objetos como fanzines, cartazes, história em quadrinhos, livro de artista, gravuras, cédulas, selos, adesivos, etc.

Inscrições:22 de setembro à 10 de outubro de 2014

Através da ficha de inscrição

Por email: alivre@smc.prefpoa.com.br ou pessoalmente na secretaria do Atelier Livre.

Participação livre e gratuita

Regulamento:

  • O expositor deverá se inscrever previamente;
  • As inscrições devem ser individuais ou em grupo;
  • Cada artista ou grupo é responsável pela exposição e venda de seu material;
  • O grupo ou artista expositor receberá uma mesa, ou parede, conforme sua necessidade, sendo de sua responsabilidade a disposição, organização e venda de seus trabalhos;

O horário da Feira será:

18/10 (sábado) e 19/10 (domingo) – Das 13h:00 às 20h:00

O Atelier Livre estará aberto a partir das 10h desses dias para a montagem e organização da Feira.

A fotografia e suas reverberações com a pintura, a gravura e o desenho / Pinacoteca Barão do Santo Ângelo – Instituto de Artes – UFRGS

10446673_1510412525863281_1686014162836572966_n

Circulação / Fotogaleria Virgilio Calegari – Casa de Cultura Mario Quintana

convite_virtualW

VIII Feira de Gravuras Chico Lisboa / Chico Lisboa – Galeria Duque Cultural

1911620_816626438356119_3930394621172143298_n

Projeto Lito in Vitro / Atelier Livre

Lito in Vitro

Gravura em Metal para Iniciantes / Paço das Artes

unnamed

Os Amigos da Gravura / Museu da Chácara

O Museu da Chácara do Céu inaugura dia 5 de dezembro a última edição do ano do projeto Os Amigos da Gravura. Desta vez os trabalhos apresentados são do artista José Patrício e convidam o público a um mergulho em sua obra recente.
image001
O artista criou especialmente para Os Amigos da Gravura a obra Vertigo, cujo título remete a um dos mais famosos filmes de Alfred Hitchcock, no Brasil chamado “Um corpo que cai”, e conduz o olhar do expectador a um labirinto ao revés, um efeito inventado por Hitchcock que simula uma espécie de vertigem, na época chamado de contra zoom. Patrício também vai mostrar a série Afinidades Cromáticas,  de 2012, que será exposta pela primeira vez no Rio. São sete trabalhos nos quais o artista utiliza botões coloridos costurados sobre tela.

Segundo o crítico Paulo Sérgio Duarte “se nos detivermos nas Afinidades cromáticas somos levados à memória do jogo numérico de trabalhos anteriores de José Patrício com os dominós. Aqui o protagonista do jogo é mais prosaico e lidamos com ele todos os dias: o botão. Os botões são vários nos tamanhos e nas cores, mas nunca grandes demais, são comuns. Todo botão espera uma casa para cumprir sua função: abotoar, manter presas duas superfícies de tecido. Mas aqui sua utilidade está banida. Costurados na superfície com regularidade geométrica constituem uma multidão aprisionada, cada indivíduo em seu lugar, para se transformarem em superfície de uma obra de arte. O resultado é evidente, estão presos para nos prender, nos deter na trama vertiginosa de suas sutis variações de forma e cor. Na sua banalidade de coisa comum, juntos se erguem e se emancipam na “coisa” arte.”

As obras de Patrício se caracterizam pela preocupação com a forma e, ao mesmo tempo, pelos resultados inesperados de suas composições geometricamente organizadas.  O artista já trabalhou anteriormente com papel, produzido artesanalmente, ainda no início de sua trajetória, depois passou a explorar objetos prontos, feitos em série, passando para os dominós, até chegar aos botões de Afinidades Cromáticas.

A exposição irá ocupar as duas salas expositivas do 3º andar do Museu da Chácara do Céu e ficará em cartaz até 10 de março de 2014. A tiragem limitada da gravura Vertigo será vendida por R$ 1.200,00  na loja do próprio Museu.

José Patrício – Projeto Os Amigos da Gravura

Inauguração: 5 de dezembro às 12 horas

Visitação: 5 de dezembro de 2013 a 10 de março de 2014

De quarta a segunda das 12 às 17 horas (fecha às terças)

Ingresso: R$ 2,00 – Grátis às quintas-feiras

Não pagam ingresso: menores de 12, maiores de 65, grupos escolares, professores e guias de turismo em serviço.

Museu da Chácara do Céu

Rua Murtinho Nobre 93 – Santa Teresa

Estacionamento gratuito no próprio museu

(21) 3970-1126

http://www.museuscastromaya.com.br 

Parada Gráfica / Museu do Trabalho

1456657_10201349460675449_478970938_n

Dulce Helena : Gravuras / Atelier Livre

1454592_474237702691604_143555880_n

O Rapto da Europa / UFRGS

1379522_597858273605754_1961604943_n

Memórias silenciosas / Microgaleria do StudioClio

Pensando em Pepe - Impressão litográfica s lenço - 2012 - Créditos das fotos fotoletra e Cylene Dallegrave - impressor Rogerio L da Rosa_peq

A Microgaleria Arte Acessível StudioClio inaugura na próxima semana a exposição “Memórias silenciosas”, de Miriam Tolpolar. A artista plástica apresenta obras que resultam do cruzamento de procedimentos envolvendo imagens fotográficas, desenhos e impressões através de recursos técnicos de litografia. A vernissagem acontece no dia 19 de outubro, sábado, às 11h.

A impressão em tecido não é um procedimento novo na obra da artista, mas para esta mostra, além do papel, ela utilizou pequenos guardanapos e lenços bordados doados por amigos. Esses suportes portam referenciais próprios de outros momentos e interagem com as imagens recebidas, concedendo novo significado às obras.

Blanca Brites e Leandro Selister são os curadores da exposição, que pode ser visitada de 22 de outubro a 14 de novembro, de segunda a sexta-feira, das 9h às 19h. As peças em exposição estarão à venda, com reserva mediante pagamento de 50% do valor. O StudioClio fica na Rua José do Patrocínio, 698. Mais informações pela página www.studioclio.com.br ou pelo telefone (51) 3254-7200.

Microgaleria

A Microgaleria Arte Acessível é dedicada a exposições de artistas com destaque no cenário gaúcho. O objetivo do projeto é facilitar o acesso do público a adquirir obras de arte. Todas as peças em exposição estão à venda por valores limitados a R$340,00.

Miriam Tolpolar

Artista plástica, Mestre em Artes Visuais (Poéticas Visuais) pelo Instituto de Artes da UFRGS (2003) e Professora de Litografia do Atelier Livre da Prefeitura Municipal de Porto Alegre desde 1997. Desde 1985 vem participando de Salões de Arte, exposições coletivas e Bienais de Gravura no Brasil e exterior, tendo recebido inúmeros prêmios, destacando-se: 2003 II Salão de Arte de Gravataí/ 2o Prêmio/ Fundarc/ Gravataí/ RS 1996 1o Salão SESC de Gravura/ Menção Honrosa/ SESC/ RJ, 12o Salão de Artes Plásticas Câmara Municipal de Porto Alegre/ Prêmio Estímulo à Criatividade/ CCMQ/ POA/ RS 1995 I Prêmio Yázigi Sonilton Alves/ Menção Honrosa/ Yázigi/POA/ RS, VI Salão Latino-americano/ Menção Especial do Júri/ Museu de Arte de Santa Maria/ RS 1993 Salão FUNDARTE de Gravura/ 1o Prêmio/ Montenegro/ RS 1991 11o Mini Print Internacional de Cadaqués/ Purchased Prize/ Espanha1988 I Salão de Arte de Montenegro/ 1o Prêmio Gravura/ FUNDARTE/ RS 1984  XIV Salão do Jovem Artista/ RBS/ 1o Prêmio Pintura/ POA/ RS

Microgaleria Arte Acessível – Memórias silenciosas

ComMiriam Tolpolar

Dia 19 de outubro, sábado, 11h

Aberto à visitação de 22 de outubro a 14 de novembro, de segunda a sexta, das 9h às 19h

Entrada franca

StudioClio – Instituto de Arte e Humanismo

José do Patrocínio 698, Cidade Baixa – Fone (51) 3254-7200

www.studioclio.com.br

Circulação / Galeria Modernidade

Convite

 

o Corpo Pós-Humano / Paço Municipal

945936_560754920649423_1082402847_n

VII Prêmio Açorianos de Artes Plásticas / Teatro Renascença – Atelier Livre

chamada VII Açorianos

O VII Prêmio Açorianos de Artes Plásticas é uma iniciativa da Secretaria de Cultura da Prefeitura de Porto Alegre que tem como objetivo incentivar e destacar, artistas e instituições que marcaram, de diferentes formas, o campo artístico local em 2012. Considerando o crescente desenvolvimento cultural de nossa cidade, em destaque, as artes plásticas, nossos artistas e entidades culturais têm realizado inúmeros eventos e exposições que vem contribuindo para o desenvolvimento cultural de Porto Alegre.

Nessa edição será homenageado o escultor Carlos Tenius.

Na cerimônia de premiação da sétima edição do evento, que será realizada no dia 02 de Julho de 2013, às 20 horas no Teatro Renascença, serão conhecidos os nomes dos vencedores em cada categoria.

Data: 2 de julho de 2013

Horário: 20h

Local: Teatro Renascença (Av. Erico Verissimo, 307)

Entrada Franca

 

Indicados VII Prêmio Açorianos de Artes Plásticas

Destaque em Pintura:

Felipe Caldas – Exposição O Sonho não Acabou – Galeria Iberê Camargo Usina do Gasômetro

Ricardo Frantz – Exposição Eternos-efêmeros – Ecarta

Eduardo Vieira da Cunha – Percurso do Artista – Sala Fahrion UFRGS

Mariza Carpes – Exposição Nem a terra, nem o céu, justamente o meio – Galeria Iberê Camargo Usina do Gasômetro

 

Destaque em Escultura:         

Antônio Augusto Bueno – Exposição Gravetos Armados – Porão do Paço Municipal

Pedro Girardello – Exposição Movimento – Espaço Cultural ESPM

 

Destaque em Desenho:

Carlos Pasquetti – Exposição Desenhos – Bolsa de Arte

Marcos Fioravante – Exposição Desenhos – Studio Clio

Antônio Augusto Bueno – Exposição O Último Homem na Lua – MACRS

Flávio Gonçalves – Percurso do Artista – Sala Fahrion UFRGS

Kelvin Koubik – Exposição Diagnósticos – Galeria Iberê Camargo Usina do Gasômetro

Destaque em Gravura:

Mario Rohnelt – Exposição Painéis Geométricos – Galeria Gestual

Nara Amélia – Exposição o Mundo é uma Fábula – Santander Cultural

Rafael Pagatini – Exposição Em Suspensão – Santander Cultural

Jander Rama – Exposição De andróide e ciborgue todo mundo tem um pouco – Goethe-Institut

 

Destaque em Fotografia:

Leopoldo Plentz – Exposição Silêncio – Bolsa de Arte

Marcelo Lubisco Leães – Exposição Onde não pensamos – Galeria dos Arcos Usina do Gasômetro

Leandro Selister – Projeto Coisas do Cotidiano

Rommulo Vieira Conceição – Exposição No espaço, o vazio – Galeria Gestual

Dulce Helfer – Exposição Amazônia, tão perto, tão longe – Térreo Teatro São Pedro

 

Destaque em Mídias Tecnológicas:

Rodrigo dMart – O Último Homem na Lua

Ío (Laura Cattani e Munir Klamt)- Io.art.br (Projeto de Web Arte)

Marcelo Armani – Instante Co-habitável|Confinamento – Instalação Audiovisual – Porão do Paço Municipal

Ío (Laura Cattani e Munir Klamt) – Exposição Do Lado de Fora de um Quarto Fechado – IEAVI

Corpoimagem – Idades Contemporâneas MACRS

 

Melhor Exposição Individual:

Leopoldo Plentz – Exposição Silêncio – Bolsa de Arte

Flávio Gonçalves – Percurso do Artista – Sala Fahrion UFRGS

Carlos Pasquetti – Exposição Desenhos – Bolsa de Arte

Nara Amélia – Exposição o Mundo é uma Fábula – Santander Cultural

Rafael Pagatini – Exposição Em suspensão – Santander Cultural

 

Melhor Exposição Coletiva:

A Imagem da Palavra – IEAVI

Pintura e Desenho – A Novíssima Geração – Museu do Trabalho

Correndo o Risco III – Museu do Trabalho

Condutores Digitais – Estúdio Galeria Mamute

Metropolitanos – A Nova Urbanidade em exposição – MACRS

 

Destaque em Espaço Institucional, público ou privado, de divulgação artística:

Museu do Trabalho

Estúdio Galeria Mamute

MACRS – Museu de Arte Contemporânea do RS

Jabutipê

IEAVI – Instituto Estadual de Artes Visuais

 

Destaque em Projeto Alternativo de Produção Plástica:

Projeto Coisas do Cotidiano – Leandro Selister

Artemosfera

O Último Homem na Lua – Antônio Augusto Bueno e Rodrigo dMart

Destaque em Textos, Catálogos e Livros publicados:

Revista URBE – Cultura Visual Urbana e Contemporaneidade

O Último Homem na Lua – Antônio Augusto Bueno e Rodrigo dMart

Emilio Sessa, Pintor: Primeiros Tempos – Org. Arnoldo W. Doberstein – Instituto Emilio Sessa

A Medida do Gesto – Um Panorama do Acervo MACRS

1º Prêmio IEAVI

Destaque em Curadoria:        

Paula Ramos – Idades Contemporâneas – Diante da Matéria – Galeria Xico Stockinger MACRS

Richard John – Percurso do Artista –  Flávio Gonçalves – Sala Fahrion UFRGS

Paulo Gomes e Marcelo Gobatto – Idades Contemporâneas – Corpoimagem – MACRS

Ana Zavadil – Idades Contemporâneas – Poéticas em Paralelo – Galeria Sotero Cosme MACRS

 

Patrocínio e/ou apoio a eventos ligados às artes plásticas:

Koralle

Santander

Artista Revelação:

Nara Amélia – Exposição o Mundo é uma Fábula – Santander Cultural

Kelvin Koubik – Exposição Diagnósticos – Galeria Iberê Camargo Usina Gasômetro

Marcos Fioravante – Exposição Desenhos – Studio Clio

1º Simpósio de Artes Visuais / PPG-UFPel

976224_583354308353167_99862076_o

Litografias – série 2000 – Registros da Arte Brasileira / Galeria Livrobjeto

Exposição-Litografias-2000

%d blogueiros gostam disto: