Performatividade | Memória / Paço das Artes

unnamed6

Performa Paço – Combinações / Paço das Artes

unnamed

Convergência 2014 – Mostra de Performance Arte no SESC Palmas

Flyer digital - Convergencia 2014

Verbo 2014 / Galeria Vermelho

unnamed12121

Rural.Scapes / Paço das Artes

unnamed

Convergência 2014 / Sesc Tocantins

flyer_digital_e-mail_-_convergencia_2014

Lançamento do livro – A Palavra Esta com Elas / Subterrânea

 Lançamento e distribuição  do livro de entrevistas A PALAVRA ESTÁ COM ELAS

Mesa redonda

Maria Helena Bernardes | Bruna Fetter | Francisca Caporali | Samantha Moreira | Lilian Maus 

Performance de Fabiana Faleiros

Instalação de Olga Robayo

15 de maio, quinta-feira, a partir das 18h

 Subterrânea – Av. Independência, 745, subsolo Porto Alegre

??????????

Sobre os eventos

As atividades fazem parte do projeto “Atelier como espaço de conversa” e têm como objetivo refletir sobre a participação das mulheres nas artes visuais.

Às 18h inicia a mesa redonda com Maria Helena Bernardes (Arena, RS), Francisca Caporali (JACA, BH), Samantha Moreira (Ateliê Aberto, SP) e Bruna Fetter (RS), com mediação de Lilian Maus. As participantes falam sobre a atuação das mulheres no cenário artístico a partir de entrevistas que integram o livro lançado no mesmo dia.

Às 20h30 será lançado o livro de entrevistas A palavra está com elas: diálogos sobre a inserção da mulher nas artes visuais, com distribuição gratuita. Organizada pela artista e gestora Lilian Maus, a publicação bilíngue (português/inglês) foi realizada no primeiro semestre de 2014 e consiste em uma compilação de entrevistas realizadas pela jornalista Isabel Waquil com Glória Ferreira, Lia Menna Barreto, Vera Chaves Barcellos, Fabiana Faleiros, Beatriz Lemos, Maria Helena Bernardes, Francisca Caporali, Samantha Moreira, Bruna Fetter e Cristiana Tejo.

Às 21h30, após a mesa e a distribuição dos livros, a artista Fabiana Faleiros realiza uma performance na Subterrânea, em um ambiente específico criado pela artista colombiana Olga Robayo. Fabiana Faleiros e Olga Robayo também participam do projeto através de entrevistas para a publicação e site, respectivamente.

Para saber mais sobre o projeto, entrevistas e conteúdos, acesse: http://mulheresnaartecontemporanea.wordpress.com/

O projeto “Atelier como espaço de conversa” foi contemplado pelo Prêmio Mulheres nas Artes Visuais 2013, da Funarte em parceria com o Ministério da Cultura e a Secretaria de Políticas para as Mulheres.

Os eventos têm entrada franca, assim como o livro terá distribuição gratuita.

Entre Saltos – Coletivo PI / Casa de Cultura Mario Quintana

10155367_844501472232675_3202404109783665267_n

II Seminário INternacional Arte e Natureza / Paço das Artes

unnamed3

Estudante / Galeria Vermelho

unnamed3

Espaço N – Inauguração

cartaz n

Workshop de Performance / paço das Artes

321

Performance Sonora / Paço das Artes

318

Open Studio – Flora Leite / Casa Tomada

OpenStudio_FloraLeite

A Casa Tomada e a artista Flora Leite tem o prazer de convidar para o open studio entre os dias 7 e 14 de novembro de 2013.

Flora Leite, que entrou em residência residência em abril, como parte do grupo do Ateliê Aberto #7, foi convidada pela Casa Tomada a permanecer em residência até dezembro desse ano a fim de apoiar o novo trabalho iniciado durante o primeiro programa.Essa é a terceira etapa do processo que é aberta ao público antes da sua conclusão no fim do semestre. A artista já apresentou o trabalho em andamento em outras duas ocasiões, nos meses de julho e setembro.

de 07 a 14 de novembro
durante a semana: das 14 às 21h
no fim de semana: das 14 às 19h
(sábado dia 09/11 tarde com drinks)

++ Sobre Flora Leite: Formada pelo Departamento de Artes Plásticas da Universidade de São Paulo, com Bacharelado em Escultura (2010). Principais Exposições: as individuais sobre toldos – como parte do prêmio Cidade de Ribeirão Preto, pela aquisição de sobre o amor e sobre intimidade – no Museu de Arte de Ribeirão Preto (2010) e aquarismos, no Centro Cultural São Paulo (2011), onde ganhou prêmio aquisitivo por tempo livre. Destaca-se também a participação no Prêmio EDP nas Artes, no Instituto Tomie Othake (2010), e na coletiva Aduana, no Picadeiro Real – Museu de História Natural de Lisboa (2011). Além disso, fez o Programa de Formação Independente Para Artistas e Curadores – PIESP (2011-2012), dirigido por Adriano Pedrosa. Em 2013 participou como artista residente do Ateliê Aberto #7, na Casa Tomada. Vive e trabalha em São Paulo.

Casa Tomada
Rua Brás Cub as, 335 – São Paulo – SP
(próximo ao metrô Ana Rosa)
+55 11 25327455
info@casatomada.com.br
http://www.casatomada.com.br

You are and that is – Ieke Trinks / Subterranea

untitled3(1)

Operating Theatre / 9ª Bienal do Mercosul

Audrey_Cottin_Port

9ª Bienal do Mercosul – Programação de Outubro

Programacao_Out_port

Tony Oursler – Bubble / Galeria Leme

original_unknown

A Galeria Leme tem o prazer de apresentar uma exposição individual do artista americano Tony Oursler. Pioneiro na arte em vídeo e multimídia, esta exposição traz trabalhos da série Bubble, de 2003.

O artista é amplamente conhecido por sua combinação inovadora entre performance, vídeo e escultura. Em 2003 Oursler foi se tornando cada vez mais interessado na maneira como a tecnologia pode servir para substituir um amigo, depois de ter lido sobre crianças japonesas que alimentam seus animais de estimação na internet. Como este laço empático se desenvolve entre máquinas e humanos e como isso poderia potencialmente evoluir em um espaço digital?

Utilizando uma nova tecnologia – à época – de manipulação de imagem, que permitia sofisticadas manipulações de fotografias em alta resolução como esticar, dobrar e torcer, Oursler começou a moldar uma série de animais de estimação, ou companheiros, digitais. Baseada na noção de “caricatura”, esta série se refere à uma variedade de fontes; da carinha sorridente de 1969 feita por Harvey Ball, que fica muito claro em Soft 79, à fertilidade da deusa Vênus de Wilendorff e ao mangá japonês.

Os personagens, frequentemente engraçados e um pouco grotescos, seduzem o espectador de diversas formas. Em seus roteiros, Oursler ouviu cuidadosamente a forma como as pessoas falam com seus animais, assim como suas “conversas de travesseiro”, e tentou engajar a linguagem íntima, vulnerável e muitas vezes constrangedora, em suas performances. Monossilábicas e tolas, as caricaturas são frequentemente inquietantes e provocam embaraço no visitante. Os programas de edição de vídeo da época permitiram que Oursler esticasse e drobrasse feições humanas, exagerando algumas e minimizando outras, para sugerir uma evolução caricatural, que poderia acontecer somente em espaço digital. A exposição também apresenta desenhos do período que ressaltam a multidimensionalidade do processo de Oursler.

Tony Oursler (Nova York, 1957). Vive e trabalha em Nova York, EUA. A obra de Tony Oursler está em numerosas coleções públicas e privadas, incluindo o Museum of Modern Art, Nova York; Tate Modern, Londres; Whitney Museum of American Art, Nova York e Fondation Cartier pour l’art contemporain, Paris. Seu extensivo histórico de exposições inclui Disparities and Deformations: Our grotesque, SITE Santa Fe, Curada por Robert Storr (2004); Dispositifs, Jeu de Paume, Paris, DA2 Domus Atrium, Salamanca, Kunstforeningen, Copenhague (2005) e exposições recentes no Ekeberg Sculpture Park, Oslo, (2013); PinchukArtCentre, Kiev, (2013); Artsonje Center, Seul (2012); and ARoS Aarhus Kunstmuseum, Dinamarca (2012); 54a Bienal de Veneza (2011).

 

Abertura: 19 de outubro – 13h às 16h
Até 16 de novembro, 2013
Av. Valdemar Ferreira, 130
São Paulo | Brasil
Seg – Sex  10h – 19h
Sab  10h – 17h
+55 11 3093.8184
info@galerialeme.com

Convergência 2013 / SESC Tocantins

baner01

 

http://www.sescto.com.br/inc/uploads/EDITAL_CONVERGNCIA_2013.pdf

Mostra de Performance VERBO 2013 – Chamada para propostas / Galeria Vermelho

CONVOCATÓRIA-VERBO_0

%d blogueiros gostam disto: