Milena Travassos – Pequena sala de jejum

“Heterotopias – Alpendre 10 anos”

Milena Travassos (Divulgação)

A exposição “Pequena sala de jejum” é composta por vídeo-instalações instalações que evidenciam o corpo, a mise en scène, os pequenos gestos, as paisagens abertas, a imagem. Nos trabalhos apresentados a própria artista é personagem. Os locais escolhidos para as suas ações têm uma forte presença de elementos naturais, sendo a água um dos elementos centrais na construção da atmosfera ótico-sonora. A vídeo-instalação “Apneia” exemplifica bem essa presença, nela toda a cena se passa em baixo d‘água e o corpo da artista se mistura a esse ambiente.

Exposição: de 22/07 a 12/08/2010; Segunda a sexta, 17-21h

Alpendre
Rua José Avelino 495 – Praia de Iracema
Fortaleza / Ceará / Brasil

Fonte Canal Contemporâneo

Anúncios

PIXEL PIXO – Poesia Pixel – MIS/SP

O MIS e a Kinoforum apresentam o Kinolounge Pixel Pixo – Poesia Pixel com o grupo de arte eletrônica Afactory Transmidia. O grupo apresenta sua primeira experiência com live cinema, que inclui ainda performance, grafismos e música ao vivo. O roteiro traz diferentes passagens do trajeto de um grupo de pichadores pelo labirinto urbano, de bairros da periferia ao centro da cidade, através de muros e janelas, sinais, palavras, interferências poéticas. É um amálgama de cores e tipologias riscando a cidade, passando de tela em tela, através de nomes e rostos anônimos, criando conexões possíveis de cidades invisíveis. Uma escrita em movimento que transforma a cidade no ciberespaço de pixel e pixo.
O kinolounge Afactory Transmidia é formado por artistas multimídia que buscam experimentar, com processos híbridos de criação, cinema, vídeo, música, internet e mobilidade. Atualmente, o grupo apresenta dois trabalhos de live cinema (Glauber-Machine e Pixel Pixo – Poesia Pixel), e desenvolve um projeto de festival nômade colaborativo na rede, o Conectivo Transmidia. O grupo é composto pelos artistas Pedro Paulo Rocha (cineasta, artista multimídia e pesquisador de transmídias e arte colaborativa), Caleb Mascarenhas (músico multi-instrumentista e produtor que trabalha com música eletrônica desde o ano 2000), Fernando Falcoski (multi-intrumentista, designer e produtor musical do selo Samacô Records) e Danilo Barros (cineasta e VJ, apresentou-se em clubes famosos da França e Brasil).
Kinolounge, com curadoria de Thalita Ateyeh, é um espaço de programação aberto pelo MIS onde a Kinoforum promove mensalmente eventos dedicados às experimentações audiovisuais, projetos sem limites e filtros, vídeos e apresentações musicais mesclados, feitos ao vivo, na busca de um entrosamento sob os olhares do público presente.

Retirar ingresso a partir das 18h.
Classificação etária: 10 anos
Kinolounge – cinema / espetáculo / performance / música
25 de julho de 2010; domingo, às 19h
auditório MIS
ingresso: gratuito

Museu da Imagem e do Som de São Paulo
Avenida Europa, 158, Jardim Europa – São Paulo SP, Brasil
Telefone: 55 11 2117 4777
http://mis-sp.org.br

The 1st Annual Vimeo Festival and Awards

Vimeo Festival and Awards

There’s just a few weeks left to enter your videos into the first-ever Vimeo Festival and Awards. If your video premiered online within the past two years, you should head over to www.vimeoawards.com and submit.

We’ve lined up some seriously talented judges like David Lynch, Morgan Spurlock, DJ Spooky, Lucy Walker and several others. If you win your category, you’ll be in the running for best overall Film or Video, the grand prize includes a $25,000 grant to produce your next big hit.

Join us this fall as we celebrate the most innovative and creative films and videos online, Vimeo-style. The Vimeo Festival and Awards will kick off with a preview event in Amsterdam on September 10; followed by a two-day festival on October 8-9, in New York City. Vimeo will bring the realm of online video to life with screenings, workshops, parties, and more – it’s going to be a blast! To top it off, we’re honoring the best of the best in several categories at our very own Awards ceremony, and you could be a winner.

HTTPvideo – Instituo Sergio Motta

Além do Horizonte – Paisagens Contemporâneas

Gisele Camargo (divulgação)

Os trabalhos dos jovens artistas reunidos nesta exposição mostram que há novas leituras para a aproximação com a paisagem. Ela se transformou em algo contaminado, que vai muito além do natural. Estas paisagens contemporâneas se multiplicam em diversos suportes – fotografia, escultura, objeto, desenho, pintura. Estão no horizonte, no mar, nas montanhas, mas nos trazem ainda o corpo, a palavra e até mesmo lugares imaginários.

Artistas: Álvaro Seixas, Bob N, Bruno Miguel, Danielle Carcav, Deborah Engel, Estela Sokol, Gisele Camargo, Leo Ayres, Luiza Baldan, Pedro Varela, Rafael Alonso e Raul Leal

Abertura: 15/07/2010, quinta-feira, 19h
Exposição: de 16/07 a 13/08/2010; Segunda a sexta, 11-20h; sábados, 10-14h

Amarelonegro Arte Contemporânea
Rua Visconde de Pirajá 111 Loja 2 – Ipanema
Rio de Janeiro / Rio de Janeiro / Brasil
55-21-2247-3086
amarelonegro@amarelonegro.com

Fonte: Canal Contemporâneo

HTTPvideo – Instituto Sergio Motta

HTTPvideo é um Festival de videoarte na Internet, realizado pelo Instituto Sergio Motta e pela Secretaria de Estado da Cultura com o apoio do Google. O Festival utiliza a plataforma do YouTube (www.youtube.com/premiosergiomotta) para as inscrições e exibição dos trabalhos, proporcionando ampla oportunidade de participação e de visibilidade aos participantes.

Nesta edição, o Festival tem o tema “Em trânsito”, buscando discutir o deslocamento, o fluxo e o trânsito nas cidades. O Festival é aberto a todos os interessados, sem limite de idade. Os trabalhos inscritos serão avaliados por um corpo de jurados composto por nomes expressivos da produção audiovisual brasileira.

A inscrição para o HTTPvideo é muito simples. Basta possuir uma conta no You Tube e fazer o upload de um vídeo, com o tema Em trânsito, na sua página no site. Não se esqueça que o vídeo deve ser público e ter a tag HTTPvideo. Para obter um passo-a-passo detalhado deste procedimento clique aqui. Feito isso, clique aqui para preencher a ficha de inscrição. Esta deve ser preenchida até o dia 19 de julho com seus dados pessoais e com a URL do vídeo inscrito.

Importante: Sem o envio da ficha de inscrição a sua participação não será validada.

O HTTPvideo 2010 é um festival online de videoarte no You Tube. Leia o regulamento e participe! As inscrições vão até dia 19 de julho de 2010.

Fonte Instituto Sergio Motta

“Traveling: Atelier” – Subterrânea

A exposição “Travelling: Atelier”, de Hélio Fervenza (Org.: Lilian Maus), contemplada pelo Programa Nacional Conexão do Minc/Funarte, com patrocínio da Petrobrás, abrirá na quinta-feira, dia 8 de julho, às 19h, no Atelier Subterrânea (Av. Independência, 745/Subsolo). Na mostra, o artista apresenta uma instalação composta por objetos que pontuam graficamente o espaço e que, com um humor sóbrio, remetem ao transporte público. Sinalizações, espelhos e uma coleção de rodinhas propõem um movimento real e virtual pelo espaço de exposição, que também é ateliê de seis artistas, e convidam o público a refletir sobre a mobilidade do ateliê e da produção atual de imagens.
Como evento associado à mostra será realizado, em parceria com o Santander Cultural, a palestra “Travelling: Atelier – reflexões sobre instalação e documentação”, com a participação de Hélio Fervenza, artista visual, e  de Stéphane Huchet, crítico de arte. Os palestrantes colocarão em debate as práticas de instalação e os seus desdobramentos documentais no campo da arte. Enquanto Hélio Fervenza comentará a sua prática artística, em especial o processo de criação da exposição “Travelling: Atelier”,  Stéphane Huchet apresentará sua pesquisa sobre instalação a partir da história, teoria e crítica da arte. A palestra será realizada dia 10 de julho, às 16h, na Sala Oeste do Santander Cultural, onde está em cartaz a mostra Horizonte Expandido.
Além da palestra, será realizada uma oficina gratuita (total 40 vagas)  com exercícios práticos que relacionam o desenho e a construção do livro de artista. A oficina, que ocorrerá nos dias 27 e 28 de julho, no Atelier Subterrânea, também integra o Programa Nacional Conexão do Minc/Funarte, com patrocínio da Petrobrás, e está voltada aos
estudantes de Ensino Fundamental e Médio de escolas da Rede Pública de Ensino de Porto Alegre. As inscrições podem ser realizadas pelo e-mail: contato@subterranea.art.br

Exposição Travelling: Atelier – Individual de Hélio Fervenza
Abertura: quinta-feira, 8 de julho, às 19h (entrada franca)
Visitação: de segunda a sábado, das 14h às 18h
Encerramento: 31 de julho de 2010
Informações e agendamento de visitas pelo email contato@subterranea.art.br

Local: Atelier Subterrânea (Av. Independência, 745 /Subsolo)

Eventos associados:
O que: Palestra Travelling: Atelier – reflexões sobre instalação e documentação, com a presença dos artistas palestrante Hélio Fervenza e do crítico de arte Stéphane Huchet. No evento será apresentado o vídeo “O Terreno Vaga”, de Hélio Fervenza e Mauro de Souza.
Quando: 10 de julho, sábado, às 16h
Local: Sala Oeste Santander Cultural – Porto Alegre
Informações: scultura@santander.com.br (inscrições gratuitas)

O que: Oficina Gratuita “O desenho na construção de livros de artista”.
Ministrante: Lilian Maus
Público Alvo: estudantes de Ensino Fundamental e Médio de escolas da Rede Pública de Ensino de Porto Alegre que já participaram de oficinas anteriores realizadas pelo Atelier Subterrânea. As inscrições podem ser realizadas pelo e-mail: contato@subterranea.art.br
Quando: 27/07 (das 10h às 12h) e 28/07 (das 14h às 16h)

Descrição da oficina: O curso procura expandir a definição usual de desenho, através do uso de estratégias para a elaboração de um livro de artista. A oficina contará com aulas expositivas e práticas. Confecção do livro: montagem e encadernação. Realização do projeto de livro de desenhos.

Eder Santos – Cinema

Eder Santos

Um dos precursores da arte em vídeo no Brasil, explorando essa mídia desde a década de 1980. Premiado nacional e internacionalmente por sua obra videográfica, e, mais tarde, por suas videoinstalações, participou de inúmeras exposições individuais e coletivas, tanto no Brasil como no exterior. Seus trabalhos fazem parte de destacadas coleções, como a do Centre Georges Pompidou, em Paris, e a do Museum of Modern Art em Nova York, além de figurar em importantes acervos nacionais.

Exposição: de 01  a 31/07/2010; Terça a sexta, 10-19h; sábados, 11-17h

Luciana Brito Galeria
Rua Gomes de Carvalho 842 – Vila Olímpia
São Paulo / São Paulo / Brasil
55-11-3842-0634 / 3842-0635
info@lucianabritogaleria.com.br
www.lucianabritogaleria.com.br

Fonte Canal Contemporâneo

Programa Um Olhar de Fora | Susana Guardado – Personal DJ: arquivo de retratos sonoros

Susana Guardado (Divulgação)

A exposição Personal DJ: arquivo de retratos sonoros, da artista e DJ portuguesa Susana Guardado, com curadoria de Paulo Reis, dá continuidade ao programa Um Olhar de Fora (para artistas estrangeiros). Dentro de um espaço intimista criado na galeria, estará sendo apresentada uma coleção de 20 vídeos – retratos sonoros, que são o resultado da convivência da artista com outros artistas e personalidades do meio cultural, brasileiro e português. Nos dois ambientes criados pela artista serão exibidos ininterruptamente, em tvs, os vídeos dos participantes.

Curadoria de Paulo Reis

Abertura: 26/06/2010, sábado, 19h
Exposição: de 27/06/2010 a 15/09/2010; Terça a sexta, 12-17h; sábados, domingos e feriados, 14-18h

Museu da República – Galeria do Lago
Rua do Catete 153 – Catete
Rio de Janeiro / Rio de Janeiro / Brasil
55-21-32352650 / 22850795
museu@museudarepublica.org.br
www.museudarepublica.org.br

Fonte Canal Contemporâneo

De heróis está o inferno cheio – Colectivo ∞

(Divulgação)

A noção do grupo de herói enquanto figura arquetípica do homem. O conceito de arquétipo está associado à criação de imagens ideais regido por cânones morais e éticos, circunscrevendo-se, de uma forma mais abrangente, numa lógica de categorização. Neste sentido, coloca-se algumas questões: Terá o heroísmo lugar na cultura contemporânea? A interpretação do herói como alguém que se posiciona entre a figura divina e o homem leva incontrolavelmente à exploração de outras problemáticas adjacentes, nomeadamente o posicionamento social, cultural e político do sujeito nos dias de hoje.

Abertura: 24/06/2010, quinta-feira, 22h
Exposição: 25/06/2010 a 30/07/2010; Terça a sábado, 14-19h30

Plataforma Revólver
Rua da Boavista 84
Lisboa / / Portugal
www.artecapital.net/plataforma.php

Fonte Canal Contemporâneo

Mediações

Luiz Hermano (Divulgação)

Em tempos de hiperrealidade, real e virtual parecem cada vez terem mais confundidos e “contaminados” seus atributos. Assim, a exposição “física” da galeria Motor lida com tais conceitos de maneira fluida. Uma das intenções é dar ao público a chance de ver, em toda sua singularidade, as obras de arte à venda via web. Propiciar encontros desse tipo podem gerar diálogos anteriormente não pensados e propiciar novas leituras. Uma programação intensa de atividades com artistas durante o período-relâmpago da mostra têm o objetivo de ativar um espaço, torná-lo mais vivo, flexível, híbrido.

Artistas: Alice Freire, Amélia Toledo, Ana Sario, Antonio Dias, Bettina Vaz Guimarães, Bruno Mendonça, Eduardo Coimbra, Estela Sokol, Felipe Cama, Felipe Cohen, Fernanda Figueiredo e Eduardo Mattos, Gil Vicente, Lina Wurzmann, Luiz Hermano , Manoel Veiga, Marcelo Silveira, Marcius Galan, Mariana Serri, Mariana Tassinari, Marina Weffort, Milton Machado, Naiah Mendonça, Nelson Leirner, Paulo Bruscky, Renata Ursaia, Rochelle Costi, Rodolfo Parigi e Zed Nesti

Curadoria de Mario Gioia

Abertura: 24/06/2010, quinta-feira, 19h
Exposição: 25/06/2010 a 27/06/2010

Ateliê Shirley Paes Leme
Rua Joaquim Antunes 1069 – Vila Madalena
São Paulo / São Paulo / Brasil

Fonte Canal Contemporâneo

Amazônia, a arte

“Amazônia, a arte” não pretende ser uma visão totalizadora da produção artística da região – “o que seria sempre uma promessa de um resultado falacioso” – diz Herkenhoff, mas implica no levantamento das principais questões conceituais e políticas evidenciadas na arte produzida pelos artistas de cada um dos estados que farão parte da mostra.

Artistas: Acácio Sobral, Alberto Bitar, Alexandre Sequeira, Armando Queiroz, Armando Sobral, Berna Reale, Claudia Andujar, Cláudia Leão & Leonardo Pinto, Coletivo Madeirista, Dirceu Maués, Edilena Florenzano, Elza Lima, Emmanuel Nassar, Éder Oliveira, Grupo Urucum, Hélio Melo, Lise Lobato, Luiz Braga, Marcone Moreira, Maria Christina, Melissa Barbery, Miguel Chikaoka, Otávio Cardoso, Patrick Pardini, Paula Sampaio, Roberto Evangelista e Naia Arruda, Thiago Martins de Melo e Walda Marques

Curadoria de Orlando Maneschy e Paulo Herknehoff

Exposição: de  18/06/2010 a 05/09/2010; Terça a domingo, 10-18h; sextas, 12-20h

Museu Vale
Antiga Estação Pedro Nolasco s/n – Argolas
Vila Velha / Espírito Santo / Brasil
55-27-3333-2484 / 3333-2484
diretoria@museuvale.com
www.museuvale.com

Fonte Canal Contemporâneo

Katie Van Scherpenberg – Distante – Far Away

“A obra de van Scherpenberg é um caso especial na arte brasileira por sua capacidade ampla de investigar a natureza e o sentido da pintura, com raro senso de historicidade e risco experimental. Seu paradoxo tem sido produzir uma obra que, simultaneamente opera com o cânon renascentista da pintura e sua ruptura pós-moderna. Torna-se assim um caso limite da reflexão sobre a pintura.” (Paulo Herkenhoff) – Curador

Exposição: de 18/06 a 25/07/2010; Terça a domingo, 12-18h

Paço Imperial
Praça XV de Novembro 48 – Centro
Rio de Janeiro / Rio de Janeiro / Brasil
55-21-25334407 / 25444359
paco@pacoimperial.com.br
www.pacoimperial.com.br

Fonte Canal Contemporâneo

Adriana Rocha – MAZE

A exposição será composta por 3 núcleos de pintura, um vídeo e 3 Livros de Artista, todos eles gravitando em torno da idéia do labirinto como mapa de trabalho. Labirinto que prevê a percepção através de inferências, o uso da parataxe, a migração de imagens, o hibridismo dos meios e o que a artista chama de “tangenciamentos”, ou seja, diálogos que acontecem entre visibilidades e/ou conteúdos.

Abertura: 08/06/2010, terça-feira, 19h30
Exposição: de 09/06/2010 a 28/06/2010; Segunda-feira a sexta-feira , 12-19h; Sábados, 11-18h

Contraponto Espaço Cultural
Rua Medeiros de Albuquerque 55 – Vila Madalena
São Paulo / São Paulo / Brasil
55-11-3814-3769

Fonte Canal Contemporâneo

Projeto Política da Arte 2010 – Artur Zmijewski

Na exposição estarão agrupados três dos mais conhecidos vídeos de Artur Zmijewski, nos quais dirige seu olhar inquiridor para incômodas questões políticas e históricas. No mais antigo deles, Game of Tag, o artista exibe um grupo de homens e mulheres de idades variadas jogando uma espécie de ‘jogo de pegar’. Eles estão despidos e confinados no interior de espaços claustrofóbicos. É a informação fornecida ao final do vídeo que retrospectivamente transforma imagens de diversão, erotismo latente e gradual desconforto dos jogadores em lembranças de crimes e traumas.
Curadoria de Moacir dos Anjos
Abertura: 27 de maio de 2010, quinta-feira, 19-22h
Exposição: de 28 de maio a 04 de julho de 2010, Terça a domingo, 15-20h
Fundação Joaquim Nabuco – FUNDAJ – Galeria Vicente do Rego Monteiro
Rua Henrique Dias 609 – Derby – Recife / Pernambuco / Brasil
(81) 3073-6692
artes@fundaj.gov.br – www.fundaj.gov.br

Duplas Pontas Pontas Duplas – Jabutipê

Plataforma Performance – programação: de 13 a 16 de maio

Plataforma Performance é um encontro que pretende promover ações performáticas, debates, demonstrações de processos e workshops com o objetivo de refletir e vivenciar a performance. É proposto a constituição de um campo para essas atividades, um aporte de base, uma plataforma para a discussão, reflexão e ação. O evento foi contemplado com o prêmio Rede Nacional de Artes Visuais Funarte e conta com o apoio da Galeria de Arte do DMAE, Rua 24 de outubro 200. Minhos de Ventos, Porto Alegre, RS / Brasil

Confira a programação que vai do dia 13 ao dia 16 de maio.

Rosana Paulino – Tecido Social

Na segunda individual de Rosana Paulino na Galeria Virgilio são apresentadas 11 monotipias, três trabalhos em tecido e costurado e uma animação. Comprometida com a profundidade das questões de sua produção, atenta à condição feminina e étnica, a artista lança mão de procedimentos como apropriação, justaposição e montagem para expressar-se poeticamente.

Abertura: 11 de maio de 2010, terça-feira, 20h
Exposição: de 12 de maio a 12 de junho de 2010, Segunda a sexta das 10-19h; sábados e feriados, 10-17h

Galeria Virgilio
Rua Dr Virgílio de Carvalho Pinto 426 – Pinheiros
São Paulo / São Paulo / Brasil
(11) 3062-9446, 3061-2999
artevirgilio@uol.com.br
http://www.galeriavirgilio.com.br

Fonte Canal Contemporâneo

Plataforma Performance

Escape para outra estática – Ricardo Carioba / MIS

O MIS recebe, em seu Espaço Redondo, a instalação audiovisual site specific Escape para outra estática (2010), de Ricardo Carioba. Concebida a partir de pesquisas recentes do artista e desenvolvida durante sua permanência no LABMIS (laboratório de novas mídias do Museu), a instalação trabalha a relação entre espaço, luz e energia, a partir da percepção de cada visitante.
Escape para outra estática consiste em uma grande projeção panorâmica de planos coloridos (azul, verde e vermelho) em movimento giratório. O espaço se desenvolve na velocidade do deslocamento desses planos e se relaciona com a velocidade de captação do movimento pelo sistema óptico/nervoso do ser humano: a lacuna entre a velocidade de atualização da imagem projetada e a percebida pelo espectador cria sensações de movimento únicas em cada indivíduo.

“Todas as projeções da sala são ondas: eletromagnéticas, no caso da luz, e mecânicas, no caso do som”, afirma Carioba. “A partir daí, desenvolve-se uma relação entre comprimento e altura das ondas sonoras e luminosas, o que cria unidades de luz e de som indistintas”. A formação desse espaço em movimento constante e variável faz parte de estudo do indivíduo e de sua energia. Na medida em que se altera constantemente a velocidade do tempo perceptivo, altera-se também a noção de estática. “Assim, cria-se uma reflexão sobre a qualidade energética do universo com o qual nos relacionamos”, complementa.

Sobre o Ricardo Carioba
Nascido em 1976, Ricardo Carioba é paulista, vive e trabalha em São Paulo. Desenvolve trabalhos principalmente em meios eletrônicos e digitais. Realizou exposições individuais na Galeria Vermelho, Casa Triângulo, Centro Cultural São Paulo e Paço das Artes, em São Paulo; Oi Futuro, no Rio de Janeiro; e Galery 33, em Londres. Participou de diversas mostras coletivas, como Panorama de Arte Brasileira no MAM-SP, Imagética no Solar do Barão em Curitiba, Salão da Bahia em Salvador, Em Torno de Operações Mentais no Museu de arte de Belém e O Lugar Dissonante em Recife. Seus projetos de música eletrônica foram apresentados em São Paulo, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Londres e Nova York.

Abertura: 22 abril, qui, 19h
Exposição: 23abr – 20jun2010
Visitação: terça a sábado, 12h às 19h; domingos e feriados, 11h às 18h.
espaço redondo
Museu da Imagem e do Som de São Paulo
Avenida Europa, 158, Jardim Europa, São Paulo – SP, Brasil. CEP 01449-000.
Telefone: (11)2117 4777

R$4 e R$2 (estudantes); gratuito para maiores de 65 anos e aos domingos.
%d blogueiros gostam disto: